DETECÇÃO DE PROVÁVEIS DEFORMAÇÕES NEOTECTÔNICAS NO VALE DO RIO DO PEIXE, REGIÃO OCIDENTAL PAULISTA, MEDIANTE APLICAÇÃO DE ÍNDICES RDE (RELAÇÃO DECLIVIDADE-EXTENSÃO) EM SEGMENTOS DE DRENAGEM

Mario Lincoln De Carlos Etchebehere, Antonio Roberto Saad, Gisele Santoni, Fabio da Costa Casado, Vicente José Fulfaro

Resumo


Os cursos d’água representam um dos principais agentes de modelagem do relevo, propiciando, sob a ação da gravidade, a esculturação dos vales e a formação de depósitos aluviais. Eles se ajustam rapidamente a quaisquer deformações crustais, incluindo aquelas mais tênue. Essa característica os torna ferramentas importantes para os estudos de natureza neotectônica, em especial a análise dos parâmetros morfométricos, tais como o gradiente hidráulico e a extensão do curso (diretamente proporcional à descarga), que podemser combinados gerando o chamado índice RDE (Relação Declividade vs. Extensão). O propósito do presente artigo é apresentar a aplicação do índice RDE na bacia hidrográfica do Rio do Peixe, com o objetivo de delinear áreas sujeitas a deformações de ordem neotectônica. Esta bacia está instalada sob um substrato rochoso referente aos grupos Caiuá e Bauru, do Cretáceo, afloramentos localizados de basaltos da Formação Serra Geral (130 Ma) e sedimentos quaternários (aluviões recentes e depósitos pleistocênicos de terraço). Na porção final do artigo, faz-se uma correlação entre os resultados obtidos de RDE e o contexto tectônico admitido para esta parte do Estado de São Paulo, incluindo informações geológicas de campo e dados sismológicos e paleo-sismológicos. Como resultados alcançados, foram identificados dois conjuntos de anomalias: o primeiro, caracterizado por valores de 2a ordem, demarca a borda do Planalto de Marília-Exaporã, e o segundo, de maior expressão por reunir valores de 1a ordem na porção central da bacia, associa-se à zona sismogênica de Presidente Prudente.

Palavras-chave


Rio do Peixe, Neotectônica, morfometria fluvial, Relação Declividade-Extensão (RDE), Planalto Ocidental Paulista.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank