ANALISE TRIDIMENSIONAL DE ROCHAS POR MEIO DE MICROTOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE RAIOS X INTEGRADA @ PETROGRAFIA

Angela Pacheco LOPES, Alberto Pio FIORI, Josi Manoel dos REIS NETO, Clarice MARCHESE, Eleonora Maria Gouvea VASCONCELLOS, Barbara TRZASKOS, Cilia Tiemi ONISHI, Cristina Valle PINTO-COELHO, Rodrigo SECCHI, Gabriel Fischer da SILVA

Resumo


A tomografia computadorizada de raios X i uma ticnica nco destrutiva utilizada nas geocijncias desde a dicada de 80, cuja maior limitagco, na ipoca, era a resolugco. Atualmente, o avango tecnolsgico possibilita a analise em microescala. Este trabalho demonstra que a integragco da microtomografia ` petrografia permite a analise da forma, tamanho, conectividade e volume de cavidades em pzmice, auxiliando na interpretagco do vulcanismo associado. O estudo de fases minerais de atenuagco de raios X contrastantes em granodiorito possibilita a compreensco da distribuigco e formato tridimensional dos minerais, alim de quantificagues automatizadas no volume. Na analise microestrutural em protomilonito i possmvel a obtengco de medidas de foliagues, indicadores cinematicos e microfraturamentos diretamente nas centenas de segues microtomograficas reproduzidas na analise, alim de visualizagco tridimensional destas microestruturas. E em arenito, a visualizagco tridimensional da banda de deformagco, concomitante ` quantificagco da porosidade, fornece informagues essenciais para a investigagco da permoporosidade e entendimento petrogenitico de reservatsrios fraturados. As analises apresentadas demonstram que algumas informagues obtidas em analise por microscopia sptica nco podem ser obtidas em uma analise de microtomografia. No entanto, esta ticnica pode ser uma grande aliada da petrografia, tornando viavel a analise tridimensional qualitativa e quantitativa em rochas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank