LARGE SCALE CARBON CAPTURE AND STORAGE IN BRAZIL: A PRELIMINARY COST MODELLING FOR CAMPOS BASIN'S OIL FIELDS

Gabriela Camboim ROCKETT, Machteld van den BROEK, João Marcelo Medina KETZER, Andrea RAMÍREZ

Resumo


Este estudo apresenta uma avaliação preliminar dos custos para implantação em grande escala da tecnologia de captura e armazenamento geológico de CO2 (CCS, do inglês Carbon Capture and Storage) no Brasil. Foi realizado um estudo de caso para armazenamento geológico de CO2 na Bacia de Campos, uma das bacias sedimentares com maiores reservas de petróleo no Brasil. Os resultados mostraram que cerca de 76% da capacidade dessa bacia para armazenamento de CO2 (considerando os 15 campos de petróleo estudados) pode ser usada com custo de armazenamento inferior a 4 €/tCO2. Os resultados da pesquisa indicam que cerca de 10 MtCO2 podem ser capturados a partir de fontes emissoras próximas da bacia a custo inferior à 28 €/tCO2. Uma avaliação de cadeias de CCS em quatro cenários diferentes mostrou os custos médios para as cadeias completa CCS na faixa de 47 € / t em 2025 em um cenário de armazenamento de 10 MtCO2/ano a 82 € / t em um cenário de 35 MtCO2 armazenados por ano. No último cenário, a capacidade de armazenamento estimada em campos de petróleo da Bacia de Campos é preenchido em cerca de 27 anos. Em todos os cenários, a etapa de captura de CO2 configurou a maior parcela dos custos totais para a implementação da atividade. O estudo de associação entre fontes e reservatórios geológicos realizado é muito importante para apoiar o planejamento CCS no Brasil.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank