ESTIMATIVA DO ESCOAMENTO SUPERFICIAL RÁPIDO E SUA CARGA EM SUSPENSÃO COM A APLICAÇÃO DO MODELO DE SEPARAÇÃO DE HIDROGRAMAS COM FILTROS NUMÉRICOS: BACIA DO RIO SOROCABA - SP

Alexandre Martins FERNANDES, Murilo Basso NOLASCO, Jefferson MORTATTI

Resumo


O escoamento fluvial total de uma bacia de drenagem, considerando um modelo de dois reservatórios, pode ser entendido como a soma do escoamento superficial rápido com o escoamento de base ou subterrâneo, estando o primeiro relacionado diretamente com a recarga pluvial e responsável direto pelo dinamismo da erosão mecânica em bacias de drenagem. Dada a importância do rio Sorocaba como manancial de abastecimento de água para cerca de 1.000.000 habitantes, este trabalho teve por objetivo estimar o escoamento superficial rápido, com ênfase na separação do escoamento total num modelo de dois componentes, com o emprego de filtros numéricos auto-recursivos de 1ª ordem, para o período de 1984 a 2008, em termos de variabilidade temporal e carga de material particulado transportado fluvialmente. O conhecimento do componente escoamento superficial rápido do rio Sorocaba nos últimos 25 anos forneceu subsídios para uma melhor avaliação e entendimento dos processos erosivos predominantes na bacia de drenagem e suas conseqüências aos corpos de água. Esta componente representou 38,04% do escoamento total médio anual e sua variabilidade se mostrou diretamente associada ao regime de precipitação, com uma carga estimada de material particulado transportado no período chuvoso 10 vezes superior à observada no período seco.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank