ANÁLISE DA VULNERABILIDADE NATURAL DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DO COMPLEXO PORTUÁRIO E INDUSTRIAL DO MUCURIPE, FORTALEZA - CE

Saulo de Almeida GOMES, José Antonio Beltrão SABADIA, Cynthia Romariz DUARTE

Resumo


O estudo da vulnerabilidade de meios aqüíferos pode ser definido sobre vários aspectos. Neste trabalho avalia-se a susceptibilidade que um sistema aqüífero tem de vir a ser degradado por atividades antrópicas, o que implica numa maior ou menor probabilidade de alteração negativa da qualidade da água em conseqüência das atividades humanas. O objetivo deste trabalho é analisar o risco potencial existente, através do método "DRASTIC", na área compreendida pelo Complexo Industrial e Portuário do Mucuripe, uma vez que em seu contexto são verificadas possíveis fontes de contaminação, tais como atividades relacionadas ao armazenamento de hidrocarbonetos, transporte de materiais diversos e lançamento de efluentes, além da elevada densidade demográfica das áreas adjacentes. Este método considera e atribui valores a sete parâmetros: profundidade das águas subterrâneas, recarga devido às chuvas, meio aqüífero, tipo de solo, topografia, impacto na zona vadosa e condutividade hidráulica. Considerando-se que a área de estudo está inserida no sistema hidrogeológico Dunas/Paleodunas, o valor do índice DRASTIC obtido no presente estudo é de 168, o que caracteriza a área como sendo de vulnerabilidade alta em relação à contaminação das águas subterrâneas. O caráter vulnerável apresentado pode ser atribuído a fatores como a inexpressiva variação faciológica ou granulométrica do sistema aqüífero Dunas/Paleodunas (areia fina a média), ao contrário do que ocorre na Formação Barreiras, o nível freático pouco profundo e a alta taxa de infiltração apresentada pelos sedimentos que a constituem. Deve-se ressaltar que é necessário um monitoramento qualitativo e quantitativo das águas subterrâneas utilizadas pelas diferentes empresas, para que se possa garantir o uso sustentável deste recurso.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank