EMPREGO DO IMAGEAMENTO ELÉTRICO NO ESTUDO DA CONTAMINAÇÃO POR CEMITÉRIOS

Robson Willians da Costa SILVA, Walter MALAGUTTI FILHO

Resumo


Devido à falta de proteção ambiental com a qual o procedimento de enterrar os corpos foi conduzido ao longo das décadas, muitos dos cemitérios se tornaram áreas contaminadas, por substâncias orgânicas e inorgânicas, e microrganismos patogênicos. Neste trabalho são apresentados os resultados do imageamento elétrico na delimitação de áreas potencialmente contaminadas por necrochorume, no cemitério municipal de Vila Rezende, Piracicaba - SP. Os resultados indicam uma profundidade do nível freático entre 3,1 e 5,1 m, com duas direções de fluxo subterrâneo, uma a SW e outra a SE. Tanto as prováveis plumas de contaminação, que tem as mesmas direções de fluxo subterrâneo, quanto às anomalias condutivas verificadas nas seções geoelétricas, confirmam as suspeitas de contaminação na área. A provável pluma a SE prolonga-se para fora dos limites do cemitério. A localização das anomalias condutivas e das prováveis plumas de contaminação demonstrou que a contaminação tem ligação com a profundidade do nível freático e com o tempo de sepultamento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank