METODOLOGIA PARA CLASSIFICAÇÃO DO ÍNDICE DE PERIGO (IP) EM BARRAGENS DE REJEITO DA MINERAÇÃO

Lucas Gomes de ALMEIDA, Rosyelle Cristina CORTELETTI, Luiz Fernandes DUTRA

Resumo


É de suma importância que as barragens, em especial as de rejeito da mineração, apresentem níveis satisfatórios e aceitáveis de segurança. Assim, o presente trabalho propõe a criação de uma metodologia para determinação e classificação de índices de perigo (iP) e o mapeamento de potenciais impactos associados à essas estruturas em situações hipotéticas de ruptura. A pesquisa propõe a utilização de um método de hierarquização multicriterial, conhecido como Analytic Hierarchy Process (AHP) e caracterizado pela diminuição de subjetividade durante as avaliações. Destaca-se que esse tipo de ferramenta, além do caráter objetivo, permite a avaliação das medidas de prevenção que garantem a segurança e minimizam possíveis eventos. Após a quantificação e da aplicação de técnicas estatísticas, foi realizada a classificação de cada uma das estruturas avaliadas quanto ao grau de perigo, por exemplo, em baixo, médio e alto. Finalmente, com base nos resultados obtidos, principalmente para a barragem de Fundão, conclui-se que a metodologia proposta mostrou-se eficaz e com viabilidade prática, podendo ser útil às empresas do ramo de mineração. Verifica-se também que ela permite ações mitigadoras e a redução de eventos que possam contribuir para o rompimento dessas barragens, propósito dos programas de gestão para empreendimentos desta natureza.


Palavras-chave


Barragens; Índice de perigo - iP; Analytic Hierarchy Process - AHP; Fundão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank