CARACTERIZAÇÃO BIOFACIOLÓGICA DOS SEDIMENTOS DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS, BRASIL

Carolina de Almeida POGGIO, José Maria Landim DOMINGUEZ, Paulo de Oliveira MAFALDA JUNIOR, Orane Falcão de Souza ALVES

Resumo


O estudo das partículas biogênicas dos sedimentos de fundo da Baía de Todos os Santos (BTS) foi realizado com o objetivo de investigar as biofácies como um instrumento de caracterização do ambiente sedimentar da baía. Através da análise de agrupamento foi possível estabelecer quatro biofácies bem definidas. Estas biofácies permitiram verificar uma transição da composição biogênica do interior da BTS onde, na maioria das vezes, os moluscos predominaram nos sedimentos, em relação à plataforma continental adjacente, onde as algas calcárias passaram a ser o componente principal. Com base nas características composicionais foi possível classificar a maior parte das assembleias biogênicas como parautóctones, ou seja, aquelas que não são transportadas para longe de seu hábitat original. Foi possível constatar que os processos tafonômicos registrados são o reflexo das condições ambientais da baía, um ambiente semi-fechado, apresentando geralmente energia baixa a moderada e uma grande diversidade de tipos de fundo.


Palavras-chave


Bioclástos; Tafonomia; Baía de Todos os Santos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank