Aplicação de rejeito argiloso de uma mineração de areia industrial como matéria-prima na indústria cerâmica

Sergio Ricardo CHRISTOFOLETTI, Marcos Roberto MASSON

Resumo


O reaproveitamento de rejeitos argilosos provenientes da mineração de areia industrial da Formação Pirambóia representa uma opção na diminuição dos impactos ambientais gerados pela sua disposição em tanques de decantação. O presente trabalho teve por objetivo testar a aplicação destes rejeitos na confecção de produtos cerâmicos. Com este intuito, foi feita a caracterização química e mineralógica, bem como ensaios cerâmicos, de amostras provenientes dos espessadores e dos tanques de decantação de uma mineração de areia da região de Analândia (SP). As amostras dos espessadores apresentam características homogêneas, alta plasticidade e presença dominante do argilomineral caulinita. Já as amostras do tanque de decantação são mais heterogêneas, silicosas e menos plásticas. Para a produção de blocos, as argilas dos espessadores mostraram-se mais adequadas por apresentarem características homogêneas, facilitando a extrusão e reduzindo os defeitos dimensionais das peças, proporcionando assim um produto final de qualidade.

Palavras-chave


Rejeitos argilosos; Indústria cerâmica; Formação Pirambóia; Areia industrial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.20090004

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.