Utilização da análise estatística multivariada no tratamento de dados aplicados a matérias-primas cerâmicas

Sergio Ricardo Christofoletti, Helber Roberto Thomazella, Maria Margarida Torres Moreno, Marcos Roberto Masson

Resumo


O trabalho mostra a aplicação de técnicas estatísticas multivariadas (análise hierárquica de agrupamentos e análise de componentes principais), a partir da análise de sete variáveis cerâmicas (perda ao fogo, retração linear de queima, retração linear total, tensão de ruptura à flexão, absorção de água, porosidade aparente e densidade aparente) em amostras de três minas de argila da unidade geológica Formação Corumbataí, fonte de matéria-prima para as indústrias cerâmicas do Pólo de Santa Gertrudes/Cordeirópolis/Rio Claro. Com a aplicação da análise estatística multivariada de agrupamento, as amostras foram subdivididas em três grupos, apresentando características geológicas similares, sendo a variável densidade aparente (DA) a maior responsável pela variabilidade do conjunto (0.832 %), seguida pela perda ao fogo (0.776 %). Observou-se que existe uma estreita relação entre os grupos encontrados e as características geológicas identificadas nos trabalhos de campo.

Palavras-chave


Formação Corumbataí; Matérias-primas cerâmicas; Análise estatística multivariada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.20050002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.