Identificação das áreas de recarga de fontes cársticas com o uso do traçador rodamina FWT , área carbonática Lajeado - Bombas, Iporanga, São Paulo

Claudio Genthner, José Antonio Ferrari, Ivo Karmann

Resumo


Testes qualitativos com o traçador Rodamina FWT foram realizados para identificar a estrutura da drenagem subterrânea e delimitar áreas de recarga de fontes cársticasde um planalto calcário localizado na região sudeste do Estado de São Paulo. É proposto um método para a interpretação dos resultados dos testes qualitativos, com base na intensidade da fluorescência de fundo detectada nos captores de carvão ativado. Os resultados dos testes de conexão entre sumidouros e ressurgências mostraram que pelo menos três sistemas de drenagem subterrânea são responsáveis pela drenagem do planalto: Areias (estrutura convergente), Córrego Fundo (estrutura divergente) e Bombas (estrutura ainda não determinada). Os resultados alcançados mostram que a detecção de conexões hidrológicas com o uso da Rodamina FWT e fluocaptores de carvão ativado é viável no contexto fisiográfico das paisagens cársticas do vale do rio Ribeira de Iguape.

Palavras-chave


Rodamina; Traçador; Aqüífero cárstico; Carste; Cavernas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.20030002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.