Ocorrência de fosfato de terras raras na Formação Resende, Paleógeno do Rift Continental do Sudeste do Brasil

Lucy Gomes Sant'anna, Claudio Riccomini, José Vicente Valarelli

Resumo


A partir de estudos petrográficos e análises por MEV/EDS e DRX foi identificado fosfato de cálcio e terras raras (La, Nd) em depósito de lamito argilo-arenoso da Formação Resende, situado na borda norte da bacia homônima. Tendo em vista suas características morfológicas (hábito prismático hexagonal) e composição química, este m,ineral foi atribuído ao grupo do rabdofânio. Este fosfato é autigênico e sua origem é relacionada à dissolução de apatita detrítica, provavelmente a partir de soluções hidrotermais alcalinas, as quais teriam ainda fornecido parte dos elementos necessários a sua cristalização.

Palavras-chave


Fosfato; Elementos terras raras; Rabdofânio; Bacia de Resende; Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.19990004

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
     
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)