Contribuição palinológica ao conhecimento do Subgrupo Itararé na Serra dos Paes, sul do Estado de São Paulo

Paulo Alves de Souza, Fernando Farias Vesely, Mario Luis Assine

Resumo


Este trabalho constitui a primeira contribuição paleontológica para o Subgrupo Itararé na Serra dos Paes, sul do Estado de São Paulo, correspondendo à porção superior da unidade na área. Quinze táxons foram reconhecidos, dos quais dois são inéditos para a porção brasileira da Bacia do Paraná: Granulatisporites austroamericanus Archangelsky & Gamerro e Protohaploxypinus panaki Utting. A assembléia é dominada por grãos de pólen teniados e poliplicados, destacando-se os gêneros Protohaploxypinus, Vittatina e Complexisporites, enquanto que esporos e grãos de pólen não-teniados são raros. Considerando o arcabouço palinobioestratigráfico da Bacia do Paraná e das bacias gondvânicas circunvizinhas, a idade da assembléia é considerada eopermiana (Sakmariano).

Palavras-chave


Subgrupo Itararé; Palinologia; Serra dos Paes; Permiano; Bacia do Paraná.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.19990002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.