Análise estatística dos dados de furos de sondagem da jazida de cobre de Chapada, Goiás

Jorge Kazuo Yamamoto

Resumo


Este trabalho apresenta os resultados do tratamento estatístico e análise dos dados de litologia e teores de cobre e ouro de amostras da Jazida de Cobre de Chapada. As informações extraídas das descrições dos furos de sondagem foram confrontadas com os teores de cobre e ouro, com o fim de verificar a relação existente entre a rocha hospedeira e a mineralização. Para os teores de cobre e ouro, o tratamento estatístico foi efetuado com o objetivo de obter uma estimativa global das populações amostradas, como uma primeira aproximação do teor médio do depósito. Como a futura lavra desta jazida se daria pelo método tradicional de bancadas a céu aberto, procedeu-se à composição das amostras originais para um intervalo igual à altura das bancadas. Para aferir a qualidade da composição foi efetuado um tratamento estatístico dos teores compostos. As distribuições assim obtidas, comparadas com aquelas originais (antes da composição), revelaram uma pequena suavização e maior aproximação para a distribuição normal introduzida pela composição.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.19920008

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.