Análise de lineamentos na exploração mineral: aplicação no sudeste paulista

Paulo Cesar Pressinotti, Yociteru Hasui, Rubens Borges da Silva, Fausto Luís Stefani, Maurício Trindade, Mario Otávio Costa

Resumo


Com o objetivo de selecionar áreas-alvo potencialmente favoráveis a hospedarem mineralizações de Sn e W associadas espacial e geneticamente a plutonismo ácido, levando-se em consideração a forte associação existente entre estas mineralizações e fraturamento (lato sensu), foi realizada uma análise dos lineamentos extraídos de imagens de satélite e radar, para a região sudeste do Estado de São Paulo. Esta análise teve por finalidade caracterizar: a) áreas intensamente fraturadas; b) áreas com padrão de fraturamento de azimute distinto dos de cunho regional; e c) feixes de fraturas de ocorrência regional. Os resultados obtidos foram integrados com dados geológicos e geofísicos, permitindo a seleção de inúmeras áreas-alvo, as quais vêm sendo objeto de levantamento geológico e geoquímico. Como conseqüência, descobriram-se novos corpos graníticos não-foliados, intrusivos, discordantes e evoluídos, bem como produções de alteração metassomática (graisens) em áreas intensamente fraturadas e associados a esses corpos. Além disso, os estudos efetuados apontaram para o sudeste paulista um modelo de descontinuidades lineares reativadas em períodos de instabilidade tectônica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.19920007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.