A formação Piraçununga na região de Vargem Grande do Sul, SP: aplicação da técnica de perfis sedimentares

Ruy Osório de Freitas, Percy Corrêa Vieira, Sérgio Mezzalira

Resumo


Neste trabalho, com base nos processos do Sedimentograma e dos Perfis Sedimentares (este aqui introduzido), foi feito um estudo da Formação Piraçununga na Folha de São João da Boa Vista, com a proposição informal da fácies Vargem Grande do Sul para a porção psamopelítica a sudoeste daquela cidade, interpretada como sedimentada em planícies de inundação, com possibilidade de contribuição tectônica. Para o restante da unidade deu-se o nome informal de fácies Leme, que apresenta um caráter granulométrico mais grosso e sedimentação em ambiente mais enérgico. Com base no conteúdo paleontológico (vegetal e inseto) é sugerida uma idade oligomiocênica para a fácies Vargem Grande do Sul, que pode, com restrições, ser estendida a toda a Formação Piraçununga, ou apenas ao início dela, por tratar-se a fácies em questão de deposição sincrônica com o restante ou, pelo menos, com a parte basal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.19900011

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.