Mesosauridae e crustacea-malacostraca nos jazigos fossilíferos de Perolândia e Montevidiu, estado de Goiás

Sérgio Mezzalira, Percy Corrêa Vieira, Francisco José F Ferreira

Resumo


Em 1973, VASCONCELOS, do DNPM Departamento Nacional da Produção Mineral-, apresentou uma nota no XXVII Congresso Brasileiro de Geologia, realizado em Aracaju, SE, comunicando o encontro em camadas permianas do sudoeste goiano, região de Jataí, do réptil Mesosaurus brasiliensis. Segundo aquele autor, "ficou assim comprovada a extensão do seu 'habitat' até os mares permianos de Goiás".

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-929X.19900007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Métricas

SCImago Journal & Country Rank
     
Google Scholar Profile

Indexação

A Revista do Instituto Geológico é indexada pelas seguintes Bases de Dados / Portais:

Scopus - Elsevier
    
GeoRef - GeoScienceWorld
   
Latindex
   Scilit - The Scientific Literature database
       
Portal de Periódicos CAPES
 
Zoological Records
 
Portal de Periódicos Eletrônicos em Geociências
  

 

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
     
Instituto Geológico

 

Licença Creative Commons CrossRef - Similarity Check

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.