MICROBIALITOS FÓSSEIS DA FORMAÇÃO JAÍBA, GRUPO BAMBUÍ, MINAS GERAIS, BRASIL

EVELYN A. M. SANCHEZ, THAÍS A. VIEIRA, HUMBERTO L. S. REIS, MATHEUS KUCHENBECKER

Resumo


Os microbialitos são depósitos carbonáticos cuja origem é organossedimentar, depositados por esteiras microbianas bentônicas. Microbialitos são os fósseis mais comuns encontrados no Brasil e no mundo em rochas do Proterozoico. Apresentam diversidade morfológica desde as formas mais antigas, datadas do Arqueano, e são fundamentais nos estudos da paleobiota e aspectos ambientais pretéritos, permitindo o melhor entendimento da evolução biológica e biossedimentar carbonática ao longo do tempo geológico. Neste trabalho são descritos laminitos e trombólitos da Formação Jaíba, na porção superior do Grupo Bambuí. Os trombólitos encontrados apresentam formas colunares e irregulares, centimétricas e pontualmente coalescentes. Já os laminitos microbiais, sobrejacentes aos trombólitos, apresentam laminações com relevo sinóptico entre plano, ondulado e crenulado. Cinco microtexturas e microfósseis de duas morfologias distintas, cocoides e filamentosos, foram identificados. As microtexturas são de origem biogênica e abiogênica, e representam os diferentes processos de formação dos microbialitos. Dessa forma, os microbialitos e microfósseis encontrados na Formação Jaíba apresentam potencial para melhor compreender a paleobiota produtora no contexto da transição Ediacarano–Cambriano, provável idade desta unidade, um momento importante de mudanças profundas na biosfera, devido à diversificação dos metazoários.


Palavras-chave


Trombólitos; Laminitos microbiais; Texturas; Neoproterozoico; Cambriano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4072/rbp.2018.2.07

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country RankSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar