PAMPATHERIUM HUMBOLDTII (LUND, 1839) (XENARTHRA, CINGULATA) OF THE SOUTHERN BRAZILIAN QUATERNARY: CRANIAL ANATOMY AND TAXONOMIC REMARKS

THAIS MATOS PEREIRA FERREIRA, ELVER LUIZ MAYER, JORGE FERIGOLO, JAMIL PEREIRA, ANA MARIA RIBEIRO

Resumo


O presente trabalho apresenta novo material de Pampatheriidae, que consiste em um crânio sem a porção rostral. O fóssil foi coletado em um afloramento ao longo do Arroio Chuí, Município de Santa Vitória do Palmar, Rio Grande do Sul (RS), Brasil. Ele foi encontrado em uma camada sedimentar do Sistema Lagunar III, com 40 cm de espessura e formada predominantemente por areia fina e até 20–25% de silte e argila, juntamente com outros fósseis de vertebrados e invertebrados, sendo que alguns táxons de mamíferos são afins com aqueles do Pleistoceno final da Região Pampeana da Província de Buenos Aires, Argentina, de idade Lujanense. A comparação do material com os pampaterídeos pleistocênicos brasileiros, procedentes da região de Lagoa Santa, Minas Gerais; Jacobina, Bahia; e Rio Madeira, Rondônia; assim como do Uruguai e Argentina, permitiu atribuir o espécime a Pampatherium humboldtii (Lund). O espécime representa o primeiro material craniano de P. humboldtii descrito para o RS, visto que até o presente momento a espécie estava representada no estado principalmente por osteodermos isolados. Além disso, uma revisão preliminar do material de Pampatheriidae da Coleção P.W. Lund é apresentada.


Palavras-chave


Pampatheriidae; Arroio Chuí; Sistema Lagunar III; Lagoa Santa; Neopleistoceno; Brasil.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.4072/rbp.2018.2.06

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country RankSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar