POSICIÓN SISTEMÁTICA DE AKODON (ABROTHRIX) KERMACKI Y A. (AB.) MAGNUS (RODENTIA, CRICETIDAE) DEL PLIO-PLEISTOCENO DEL SUDESTE DE BUENOS AIRES, ARGENTINA

PABLO TETA, ULYSES FRANCISCO JOSÉ PARDIÑAS, PABLO EDMUNDO ORTIZ

Resumo


– O status taxonômico dos roedores sigmodontinos fósseis Akodon (Abrothrix) kermacki Reig 1978 e A. (Ab.) magnus Reig 1987 (Plio-Pleistoceno, Província de Buenos Aires) foi estudado. A morfologia dos molares e outras características da anatomia craniana sugerem que ambos os táxons não são Abrotrichini, pelo menos esta tribo está composta atualmente. Preliminarmente, ambas as formas extintas são incluídas na tribo Akodontini. Entretanto, mais estudos são necessários para testar esta interpretação. Além disso, são apresentadas algumas considerações biogeográfi cas sobre a evolução dos Abrotrichini baseadas neste novo cenário taxonômico.

 


Palavras-chave


Akodontini; Muroidea; Registro fóssil; Sigmodontinae.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.4072/rbp.2014.3.10

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country RankSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar