BASALTOS DA SUÍTE PARAPUÍ, GRÁBEN JAIBARAS, NOROESTE DO CEARÁ: CARACTERIZAÇÃO, PETROGRAFIA, GEOQUÍMICA E QUÍMICA MINERAL

ROSEMERY DA SILVA NASCIMENTO, PAULO SERGIO DE SOUSA GORAYEB

Resumo


A Suíte Parapuí constitui uma unidade vulcânica, provavelmente do final do Neoproterozóico/início do Paleozóico que se encontra inserida no Gráben Jaibaras, situada no noroeste do Estado do Ceará, e representa uma importante atividade vulcânica basáltica, predominantemente, da porção noroeste da Provínncia Borborema. A Suíte compreende três grupos de rochas, incluindo basaltos (labradorita/andesina basaltos, traquibasaltos e magnetita-ilmenita basaltos), riolitos e rochas vulcanoclásticas que ocorrem intercalados a arenitos arcosianos do Grupo Jaibaras, em que todo o conjunto acha-se afetado por incipiente metamorfismo. Os basaltos e traquibasaltos, tipos mais abundantes da Suite Parapuí, ocorrem em sucessões de extensos derrames de lavas maciças e amigdaloidais, com características holocristalinas, hipovítreas e raramente holovítreas, e texturas porfiríticas, seriadas ou afíricas e fluidais. Os minerais principais compreendem labradorita com variações para andesina, titanoaugita e subordinadamente, olivina, albita, sanidina, magnetita/ilmenita, pirita, titanita e apatita. Quimicamente apresentam altos teores de álcalis, TiO2 e P2O5, enriquecimento em ETR leves, pequenas anomalias negativas de Eu e Nb, razão (La/Yb)N moderada a alta e razão (Ti/Y)N > 1, sugerindo derivação do manto litosférico. Nos diagramas classificatórios geoquímicos eles situam-se na transição entre os campos dos basaltos toleíticos e alcalinos, caracterizando uma série de basaltos transicionais. Nos diagramas multi-elementos apresentam assinatura geoquímica similar, o que revela a homogeneidade composicional desse magmatismo. Interpretações de paleoambiência tectônica são indicativas de magmatismo intraplaca continental associada a implantação do Gráben Jaibaras. A formação da Suíte Parapuí está relacionado à fase rifte do Gráben Jaibaras, cujos processos incluem intenso vulcanismo intracontinental num substrato paleoproterozóico da Província Borborema, em ambiente subaéreo, com efusões e explosões.


Palavras-chave


Vulcanismo; Basaltos transicionais; Suíte Parapuí; Graben Jaibaras; Noroeste do Ceará; Província Borborema.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.