OS TERRENOS TECTÔNICOS DA FAIXA RIBEIRA NA SERRA DA BOCAINA E NA BAÍA DA ILHA GRANDE, SUDESTE DO BRASIL

LUIZ GUILHERME DO EIRADO, MONICA HEILBRON, JULIO CESAR HORTA DE ALMEIDA

Resumo


Quatro unidades tectônicas compõem o segmento central da Faixa Ribeira na Serra do Mar, entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo: terrenos Ocidental, Oriental, Paraíba do Sul e Embu. O Terreno Ocidental corresponde à margem retrabalhada do Cráton do São Francisco, representado pelas rochas metassedimentares da Megassequência Andrelândia. O Terreno Oriental compreende o arco magmático Rio Negro, formado pela subducção oceânica da placa São Francisco. O Terreno Paraíba do Sul é composto pelos ortognaisses paleoproterozóicos do Complexo Quirino e pelas rochas metassedimentares do Grupo Paraíba do Sul, enquanto o Terreno Embu é formado por uma sucessão supracrustal (Complexo Embu) e ortognaisses do Complexo Taquaral de idade indefinida. Rochas granitóides sin a pós-colisionais intrudem todos terrenos. O evento de deformação principal gerou o empilhamento tectônico dos terrenos durante a etapa colisional (ca. 580 Ma) da Orogênese Brasiliana, quando o Terreno Ocidental foi cavalgado pelos demais. A origem e paleogeografia dos terrenos Paraíba do Sul e Embu são indefinidas, mas podem estar relacionados ao arco magmático brasiliano.


Palavras-chave


Faixa Ribeira; Orogênese brasiliana; Lito-estratigrafia; Geologia estrutural; Sudeste do Brasil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.