Geologia e arcabouço estrutural do Complexo Lagoa Real, vale do Paramirim, Centro-Oeste da Bahia

Simone Cerqueira Pereira Cruz, Fernando Flecha Alkmim, Carlson Matos Maia Leite, Hanna Jordt-Evangelista, José Carlos Cunha, Evando Carele Matos, Carlos Maurício Noce, Moacir Moura Marinho

Resumo


O Complexo Lagoa Real, constituído por meta-granitóides com idade de colocação em torno de 1,7 Ga, ocorre no vale do Paramirim e engloba as rochas denominadas genericamente de Granito São Timóteo e um conjunto de granitóides milonitizados em graus variados gerados no curso de uma deformação compressional sin-metamórfica. A análise estrutural permitiu identificar duas famílias de estruturas: uma compressiva, representada por zonas de cisalhamento, bandamento composicional, foliação milonítica e dobras; e outra distensiva, marcada pela nucleação de zonas de cisalhamento normais. As estruturas deformacionais identificadas assemelham-se com as que são encontradas no sinclinal de Ituaçu, onde afloram as formações Salitre e Bebedouro do Grupo Una. Como não foi encontrada uma trama mais antiga que a primária, sugere-se que a deformação do Complexo Lagoa Real ocorreu durante o Neoproterozóico.

Palavras-chave


Aulacógeno; Metamorfismo; Orógeno; Cráton; Foliação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.