Modelagem volumétrica e simulação de fluxo em arenitos análogos a reservatórios profundos: exemplo da Formação Campo Mourão, Bacia do Paraná

Marcelo Kulevicz Bartoszeck, Sidnei Pires Rostirolla, Adriane Fátima de Campos, Álvaro Muriel Lima Machado

Resumo


Neste trabalho, foi realizada a modelagem de análogos aflorantes, para geração de um conjunto de informações de alta resolução e teste de simulação de fluxo (gás). As atividades compreenderam o levantamento sísmico de alta resolução e o estudo de poços rasos e afloramentos, com a elaboração de modelos geologicamente robustos em áreas aflorantes, análogas àquelas produtoras de hidrocarbonetos em subsuperfície. A área de estudo contém afloramentos do Grupo Itararé, Bacia do Paraná, localizados no município de Ponta Grossa - PR, próximo ao Parque Estadual de Vila Velha. O modelo geométrico foi criado com o auxílio de sísmica 2D de alta resolução, adquirida com fonte artificial do tipo rifle. As linhas processadas possuem de 250 a 700 metros de comprimento, com profundidade de investigação de aproximadamente 200 metros. Os dados sísmicos foram carregados em projeto sísmico para o rastreamento de horizontes e falhas, com a geração de modelos sólidos onde foram atribuídos valores de permoporosidade obtidos por meio da análise de afloramentos, poços rasos e simulação de fácies. As propriedades de porosidade e permeabilidade para a simulação de fluxo foram extraídas através de ensaios físicos em testemunhos dos poços rasos e amostras retiradas dos afloramentos. A simulação de fluxo foi executada em um programa de livre distribuição, com o desenvolvimento de um programa computacional em ambiente Delphi para transformações e adaptações dos dados para inserção no simulador.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.