Indicadores geoquímicos de contaminação por compostos orgânicos voláteis em águas subterrâneas da Bacia do Rio Lucaia, Salvador, Bahia

Paula Gimenez Bezerra, Joil José Celino, Karina Santos Garcia, Milena Rocha de Oliveira

Resumo


Este trabalho investigou a contaminação das águas subterrâneas da bacia do Aquífero do Rio Lucaia, Salvador (BA), por hidrocarbonetos de petróleo oriundos do vazamento de tanques de combustível. As concentrações de benzeno, tolueno, etilbenzeno e xilenos ― BTEX ―, nitrato, sulfato e ferro (II) foram determinadas em 17 amostras de águas subterrâneas. A concentração de BTEX variou entre 0,2 e 185,7 mg.L-1 e as concentrações de nitrato, sulfato e ferro (II) foram correlacionadas com os níveis de BTEX submetidos a degradação natural. Em apenas dois pontos os níveis de BTEX foram observados muito acima do permitido pela Resolução CONAMA nº 396/2008, enquanto os outros estavam abaixo do limite de detecção.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z0375-75362012000500019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.