Geotermometria das águas hipertermais do Sistema Aquífero Guarani no estado de São Paulo

Didier Gastmans, Marcelo Martins Reis, Chang Hung Kiang

Resumo


Inúmeros geotermômetros vêm sendo utilizados para a determinação das temperaturas esperadas nos reservatórios de águas subterrâneas, sendo a maior parte deles baseada no equilíbrio químico existente entre as águas termais e minerais constituintes do arcabouço do aquífero. Nesse sentido, águas subterrâneas do Sistema Aquífero Guarani com temperaturas acima de 38ºC, classificadas como hipertermais pelo Código de Águas Minerais, tiveram sua composição química avaliada com o objetivo de se determinar as temperaturas esperadas no reservatório com base na utilização de diversos geotermômetros. Essas águas são essencialmente do tipo Na-HCO3, passando a Na-HCO3-Cl-SO4 devido ao aumento nas concentrações de sulfato e cloreto. Existe uma boa relação entre a temperatura e a profundidade em que se encontra o aquífero, indicando gradiente geotérmico médio de 27,7ºC/km. Uma faixa na região central da área de estudo apresenta os menores gradientes termais, abaixo de 25ºC/km, enquanto os maiores gradientes estão situados nas porções NE e W da área de estudo. Os geotermômetros de quartzo indicaram temperaturas acima das obtidas nas saídas dos poços, enquanto o geotermômetro de calcedônia avaliado mostrou temperaturas próximas das medidas em campo, com exceção de alguns poços em que os gradientes geotermais são menores. Os geotermômetros baseados no equilíbrio entre Na/K retornaram temperaturas muito distintas das medidas, enquanto o geotermômetro baseado no equilíbrio entre sódio/potássio/cálcio obteve temperaturas próximas às registradas nos poços com temperaturas inferiores a 50ºC, em função do equilíbrio termodinâmico dessas águas com feldspatos. Os geotermômetros apontam para a possibilidade da ocorrência de misturas de águas mais profundas, especialmente nos poços da porção SW da área.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z0375-75362012000500017

Apontamentos

  • Não há apontamentos.