Ensino de geociências na formação profissional em meio ambiente no estado de São Paulo

Celso Dal Ré Carneiro, Gleise Regina Bertolazi dos Santos

Resumo


O sistema de educação técnica tem qualificado profissionalmente muitos jovens que anseiam entrar no mercado de trabalho. No Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS), três eixos integram o currículo do curso técnico em Meio Ambiente: Ciências da Terra, Biologia e Química. O curso busca desenvolver competências comportamentais e técnicas que auxiliem o trabalhador a operacionalizar processos de produção e a gerir adequadamente suas atividades. A disciplina Geociências, atualmente denominada Práticas em Ciências da Terra, destaca-se no cenário do ensino médio brasileiro, pois atende especificamente a essa modalidade. O CEETEPS habilita, porém, amplo leque de docentes para ministrá-la no curso técnico de Meio Ambiente. A admissão de docentes inclui 28 diferentes habilitações: desde engenheiros até tecnólogos. Esse fator prejudica o potencial das Geociências no ensino médio e pode comprometer a competência dos técnicos. Este artigo sintetiza competências que a importante disciplina deve desenvolver e o perfil docente ideal desejado. Se por um lado é preciso restringir as habilitações aceitas, a oportunidade deve ser bem divulgada, para que geólogos e graduados nas Ciências da Terra incorporem a docência regular ao seu elenco de opções profissionais e apliquem seus conhecimentos e habilidades no ensino-aprendizagem, para atender às exigências do mercado de trabalho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z0375-75362012000500008

Apontamentos

  • Não há apontamentos.