Identificação de paleocanais na região da confluência entre os rios Ivaí e Paraná com o uso de dados de sensoriamento remoto e reconhecimento de fácies sedimentares

Eduardo Souza de Morais, Manoel Luís dos Santos, José Cândido Stevaux

Resumo


No município de Icaraíma, noroeste do estado do Paraná, está localizada a confluência do rio Ivaí junto ao rio Paraná. Nesta área, ambos os sistemas fluviais promoveram o desenvolvimento de uma série de paleocanais que atestam a dinâmica quaternária da planície de inundação. Neste trabalho, propôs-se a aplicação de índices multiespectrais e uma transformação em dados do Landsat 5 TM, associado ao reconhecimento em campo e sondagens para associação de fácies sedimentares, a fim de serem identificados os paleocanais. A aplicação dos índices Normalized Difference Vegetation, Normalized Difference Water e Modificated Normalized Difference Water não apresentou ganhos satisfatórios. No entanto, a transformação Tasseled Cap Wetness proporcionou um relevante ganho de informação no reconhecimento das feições dos paleocanais. A partir dos resultados de sensoriamento remoto, foram realizadas sondagens com o objetivo de se conhecer as fácies sedimentares que compõem os paleocanais, as quais atestaram a veracidade da interpretação das imagens multiespectrais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z0375-75362012000300005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.