Caracterização geológica e geoquímica das intrusões de rochas metamáficas e félsicas nos mármores do Sul do Espírito Santo

Cícera Neysi de Almeida, Edson Farias Mello, Deonel Mandu Izaque, Pedro Douglas da Silva

Resumo


Uma grande quantidade de rochas félsicas e metamáficas ocorre como lentes concordantes ou como intrusões tabulares concordantes ou discordantes em mármores do Grupo Paraíba do Sul, na região Sul do Espírito Santo. As rochas félsicas compreendem dois litotipos: monzogranito e sienogranito. Os monzogranitos apresentam características típicas da série cálcio-alcalino e os sienogranitos, de assinaturas alcalinas pós-colisionais, enquanto que as rochas metamáficas intrudidas nos mármores incluem basaltos e basaltos andesíticos cálcio-alcalinos e do tipo MORB-E. As rochas metamáficas e félsicas são remanescentes de três estágios magmáticos na história do Grupo Paraíba do Sul: a abertura da Bacia do Paraíba do Sul (MORB-E); a colisão durante a formação do Gondwana, representado pelo magmatismo básico cálcio-alcalino sin-Brasiliano e o final da orogênese brasiliana, registrada pelo magmatismo félsico, passando de cálcio-alcalino/cálcio-alcalino-K a alcalino, durante a fase de colapso do orógeno.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z0375-75362012000200003

Apontamentos

  • Não há apontamentos.