Potencial de expansão e ocupação urbana no município de Timóteo - MG

Paula Márcia Brasil Garcia, Frederico Garcia Sobreira, Ana Clara Mourão Moura

Resumo


O Município de Timóteo localiza-se na porção leste do estado de Minas Gerais e faz parte da mesorregião Vale do Rio Doce e da microrregião Ipatinga. Está inserido na bacia Federal do Rio Doce e na bacia Estadual do Rio Piracicaba. Possui população de 79.092 habitantes (IBGE 2000) e uma área de 145.149 km², sendo grande parte ocupada pelo Parque Estadual do Rio Doce, que possui uma área de 36.970 ha e abrange também parte dos municípios de Marliéria e Dionísio. A ocupação urbana no município de Timóteo atualmente configura-se como um problema, pois o município carece de áreas adequadas para expansão, sendo que um dos problemas relacionados a essa tônica é a ocupação desordenada nas áreas de influência do Parque do Rio Doce, comprometendo a preservação das mesmas. Ocorre também um grande número de ocupações em locais suscetíveis a acidentes geológicos. Por se tratar de uma região atrativa do ponto de vista econômico, o município tende a crescer cada vez mais, agravando os problemas de ocupação urbana. O trabalho consistiu no levantamento de áreas suscetíveis a deflagração de acidentes geológicos, identificação de áreas potenciais para ocupação urbana e uma reavaliação do zoneamento do Plano Diretor do município. Destaca-se neste trabalho a importância em se considerar o meio físico como determinante para realização do planejamento urbano não apenas para proposição de áreas para ocupação, mas também para se definir de forma clara áreas inadequadas para a mesma.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.