Variabilidade temporal no transporte de sedimentos no rio Ivaí - Paraná (1977-2007)

Isabel Terezinha Leli, Jose Cândido Stevaux, Maria Tereza da Nóbrega, Edvard Elias de Souza Filho

Resumo


Este trabalho avalia o comportamento da carga sedimentar suspensa do rio Ivaí num período de 30 anos aferidos por sua estação mais jusante de Novo Porto Taquara. Os parâmetros utilizados neste estudo foram as descargas anuais de sedimento suspenso e de água obtidas a partir de dados da SUDERSA. A relação entre a concentração de sedimento suspenso e a descarga de água não apresentou uma correlação muito boa (R² = 0,56), sendo bastante evidente o efeito de histerese. A justificativa para esse comportamento é dada pelo regime hidrológico heterogêneo e pela ocupação da bacia. Não foram observadas alterações significativas nas vazões anuais, que permaneceram as mesmas durante o período estudado. Já a descarga de sedimento suspenso apresentou um pequeno declínio gradual mostrando que no final do período (2007), o rio transporta 0,65 Mton menos do que no começo (1977). Esta redução de sedimento suspenso transportado é provavelmente devido a alterações no manejo do solo para o cultivo agrícola.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.