O enxame de diques de anfibolito do Cráton São Francisco meridional

Alexandre de Oliveira Chaves

Resumo


Em níveis crustais mesozonais do Cráton São Francisco meridional, diques máficos datados em 2,19 Ga se constituíram em resposta à contração para NW ocorrida durante a Orogenia Transamazônica. Neste evento, o magma toleítico se alojou, cristalizou e se metamorfisou sintectonicamente ao longo de zonas de cisalhamento transcorrente que se desenvolviam sob condições metamórficas de fácies anfibolito alto. Em função disto, estes diques, que compõem o enxame denominado Paraopeba, são constituídos por anfibolitos e guardam localmente em seu interior um metadiabásio com texturas ígneas parcialmente preservadas e bordas do tipo sheared margins, com nítida textura nematogranoblástica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.