Impacto da Mineração de Areia sobre a Química das Águas Subterrâneas, Distrito Areeiro da Piranema, Municípios de Itaguaí e Seropédica, Rio de Janeiro

Décio Tubbs, Eduardo Duarte Marques, Olga V. O. Gomes, Emmanoel Vieira Silva-Filho

Resumo


O Distrito Areeiro de Seropédica-Itaguaí, considerado um dos maiores do Brasil, fornece aproximadamente 70% da areia para a construção civil da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O processo de extração de areia se dá através da retirada das camadas sedimentares superficiais, caracterizadas predominantemente por depósitos de areia, fazendo com que a superfície freática do Aquífero Piranema aflore, preenchendo as cavas resultantes. Os depósitos de areia originaram-se sob condições redutoras, associadas a ambiente deposicional de linhas de costa e mangues, o que proporcionou a formação de sulfetos. Com a exposição dos sedimentos com a lavra, ocorre oxidação dos sulfetos e aumento dos teores de SO4 na água, que podem alcançar valores superiores a 90 mg.l-1, o que intensifica a solubilização de minerais alumino-silicáticos e consequente aumento das concentrações de Al (>; 10 mg.l-1) nas águas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.