Structural compartmentalization and hydraulic connectivity between the Serra Geral and Guarani aquifer systems: a hydrogeochemical characterization in central State of Paraná

Alessandra de Barros e Silva Bongiolo, Ana Paula Soares, André Virmond Lima Bittencourt, Francisco José Fonseca Ferreira

Resumo


A área de estudo localiza-se na porção central do Estado do Paraná, em domínios da bacia homônima, com aproximadamente 22.600 km², constituída por derrames basálticos da Formação Serra Geral, Cretáceo Inferior (Sistema Aquífero Serra Geral-SASG), os quais estão sobrepostos a arenitos fluviais e eólicos das formações Piramboia e Botucatu, Triássico/Jurássico (Sistema Aquífero Guarani-SAG). O estudo envolveu análise de agrupamento, análise fatorial, interpretação do arcabouço estrutural e análise de diagramas de Piper, além da caracterização físico-química de 45 poços completados e localizados em rochas da Formação Serra Geral, que permitiu a caracterização das águas e a identificação das áreas de maior probabilidade de conexão hidráulica dos SASG e SAG. As águas analisadas são predominantemente bicarbonatadas cálcicas, características do Sistema Aquífero Serra Geral. Apenas algumas amostras apresentam composição bicarbonatada sódica ou cálcio-magnesiana, interpretadas como reflexo de conectividade dos referidos sistemas aquíferos. Com relação à compartimentação estrutural da área de estudo e aos resultados físico-químicos, as águas bicarbonatadas sódicas são mais frequentemente observadas a nordeste. Nas demais porções da área de estudo, as águas são típicas do Sistema Aquífero Serra Geral. As menores dissimilaridades hidroquímicas estão na porção noroeste da área de estudo. Os poços anômalos em composição hidroquímica estão posicionados sobre lineamentos estruturais orientados a NW.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.