Erosão marginal e sedimentação no rio Paraguai no município de Cáceres (MT)

Aguinaldo Silva, Edvard Elias de Souza Filho, Sandra Mara Alves da Silva Neves

Resumo


A bacia do rio Paraguai vem sendo alvo de ocupação intensa nos últimos anos e seu canal tem sofrido modificações em sua dinâmica. A pesquisa teve como objetivo investigar a dinâmica das margens do rio Paraguai por um período de dezenove anos. Para realização do estudo foi realizado o cruzamento de imagens de satélite TM Landsat 5 do ano de 1984 e ETM Landsat 7 de 2003, pois o método de pinos utilizado geralmente para o monitoramento da erosão marginal não é adequado para o rio Paraguai em virtude da sua dinâmica e composição das margens. Os estudos de erosão marginal demonstraram que o canal apresenta mobilidade relativamente alta em ambos os segmentos (2,3 m/ano). O monitoramento da erosão marginal é extremamente importante quando se tem áreas urbanas localizadas próximas a rios. Como é o caso da cidade de Cáceres localizada na margem esquerda do rio Paraguai e que vem sofrendo os impactos (sociais e econômicos) causados pela erosão marginal. Além desse fator o monitoramento da erosão marginal permite observar a dinâmica do canal ocasionado pela erosão marginal

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.