O módulo São José do Rio Preto do Projeto Geo-Escola - uma experiência educacional diferenciada

Joseli Maria Piranha, Celso Dal Ré Carneiro

Resumo


No município de São José do Rio Preto, situado na região noroeste do Estado de São Paulo, o desenvolvimento do Projeto Geo-Escola constituiu pesquisa em ensino-aprendizagem de Geologia, segundo o modelo de investigação de estudo de caso. A experiência possibilitou que os participantes - professores de Ciências e Geografia - se apropriassem de saberes das Geociências importantes para construção de conhecimentos profissionais e para construção de cidadania. Vários recursos didáticos foram utilizados, com destaque para trabalhos de campo, que sensibilizaram os participantes e despertaram certa identidade com o meio que os cerca, na medida em que ofereceram vivência singular. O processo expôs conceitos revelados na teoria, mas, sobretudo, levou-os a identificar, visualizar e compreender mais profundamente o ensino e a legitimá-lo. Se a investigação estruturou-se pela tese de que o conhecimento das Geociências exerce papel especial na educação para sustentabilidade da vida, os resultados obtidos permitiram confirmar que, na relação dinâmica do ensino-aprendizagem, o conhecimento de Geologia é essencial para o cidadão desenvolver uma cultura da Terra. Assim, a pesquisa não somente revela potenciais, evidencia compromissos e sugere rotas, mas também aponta para o tratamento de problemas ambientais mais amplos, que envolvem a sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.