Desenvolvimento de traços estruturais curvilíneos em cinturões de empurrões: visualização em modelagem física

Fernando César Alves da Silva, Fabiano Jackson da Silva Oliveira

Resumo


O modelamento físico de estruturas compressionais, utilizando-se aparato tipo caixa de areia realizados no Laboratório de Modelamento Estrutural do PPGG (UFRN), possibilitou o estudo dos aspectos geométricos dos traços estruturais desenvolvidos em orógenos compressionais. Os experimentos mostraram que esses traços geralmente possuem geometria curvas gerando saliências e reentranças. A presença de obstáculos nas regiões de ante-país e pós-país, deslocados lateralmente, produz além de empurrões/retro-impurrões, estruturas com fortes componentes oblíquos, tendendo a transcorrentes. Essas estruturas transcorrentes servem de ponte de ligação entre diferentes segmentos da frente de deformação, mas ocorrem também, em menor escala, como par conjugado em frente ao endentador. Os mergulhos dos planos dos empurrões e retro-empurrões mostram um pequeno decréscimo com o aumento da deformação. Os rejeitos exibidos por essas falhas exibem um forte incremento a partir de 15% de encurtamento. A comparação das estruturas geradas em laboratório com aquelas encontradas em orógenos naturais de diferentes idades revelou a presença de aspectos comuns, sugerindo que esse tipo de experimento pode contribuir para a compreensão do desenvolvimento de estruturas naturais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.