Minerais pesados das porções média e superior do Grupo Guaritas (Eocambriano, RS): considerações sobre a proveniência sedimentar

Jorge Emanuel dos Santos Nóbrega, André Oliveira Sawakuchi, Renato Paes de Almeida

Resumo


O Grupo Guaritas abrange sedimentos de sistemas deposicionais de leques aluviais, fluviais e eólicos. Este estudo envolveu a análise de minerais pesados das formações Varzinha, Pedra Pintada, Pedra da Arara e Serra do Apertado, unidades das porções média e superior do Grupo Guaritas. Essas análises foram realizadas na fração areia muito fina de 29 amostras coletadas em afloramentos e abrangeram a quantificação da assembléia de minerais pesados transparentes não-micáceos, além da determinação dos índices ZTi (zircão/(turmalina+zircão)) e ZRi (zircão/(rutilo+zircão) e tipos morfológicos de zircão. As amostras estudadas correspondem a subarcóseos, sublitoarenitos e litoarenitos. Os minerais pesados identificados foram: zircão (82-13%), apatita (64-0%), turmalina (41-3%), anatásio (22-0%), granada (29-0%), rutilo (10-0%), sillimanita (5-0%), monazita (4-0%), epidoto (2-0%), cianita (1-0%) e fluorita (1-0%). Foram reconhecidas quatro classes morfológicas de zircão: prisma curto superarredondado/arredondado (47-6%), prisma curto subarredondado/ subédrico (92-42%), prisma curto euédrico (13-0%) e prisma longo euédrico (3-0%). A abundância de zircão, apatita e turmalina associada a quantidades muito reduzidas de minerais tipicamente metamórficos, tais como rutilo, sillimanita e cianita, é compatível com área-fonte dominada por rochas ígneas graníticas. Grãos superarredondados de zircão indicariam ainda a presença de rochas sedimentares na área-fonte. Valores similares dos índices ZRi (0,92-0,96) e ZTi (0,71-0,82) nas unidades do Grupo Guaritas apontam, respectivamente, a manutenção da configuração das áreas-fonte e pequena variação do grau de retrabalhamento dos sedimentos. A Formação Serra do Apertado distingue-se das demais unidades pelos valores mais elevados de ZTi e pela maior proporção de grãos euédricos de zircão. Isso indica maior retrabalhamento dos seus sedimentos, com incremento dos sedimentos derivados de rochas ígneas em relação aos derivados de rochas metamórficas e sedimentares durante a fase final de preenchimento da Bacia do Camaquã

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.