Levantamento de ocorrências fósseis nas pedreiras de calcário do Subgrupo Irati no estado de São Paulo, Brasil

Fresia Ricardi-Branco, Edgar Taveiros de Caires, Adalene Moreira Silva

Resumo


O principal objetivo da presente pesquisa foi contribuir para a atualização dos dados paleontológicos do Subgrupo Irati no Estado de São Paulo, por meio do levantamento dos fósseis existentes nas pedreiras ativas e sua comparação com as referências encontradas na literatura. Foram visitadas dezoito pedreiras ativas e em todas foi verificada a presença abundante de fósseis. Para otimizar a comparação e distribuição dos fósseis estudados, os dados obtidos foram incorporados em ambiente de sistema de informações geográficas (SIG). Dessa forma, foram registradas duas novas ocorrências de vegetais fósseis em Saltinho e Itapetininga. Os fósseis de vertebrados (mesossaurídeos) foram frequentemente observados em todas as pedreiras visitadas e novas ocorrências são aqui indicadas para Cesário Lange, Pereiras, Saltinho e Tietê. Por último, foi verificada a presença de coquinas compostas por carapaças de crustáceos nas pedreiras de Angatuba, Cesário Lange, Itapetininga, Ipeúna, Limeira, Pereiras, Saltinho e Tietê, bem como estromatólitos gigantes em Santa Rosa de Viterbo, muitas vezes com ossos de messosaurídeos intercalados. Foi também comprovado que na maioria das frentes de lavra das pedreiras anteriormente estudadas e hoje desativadas, a coleta de fósseis é pouco representativa, uma vez que as frentes de lavra encontram-se muito deterioradas. Contudo, após a presente atualização das informações acerca da localização das pedreiras ativas e do seu conteúdo fossilífero, será mais simples a realização de novos estudos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.