COEXISTÊNCIA E MISTURA DE MAGMAS NO BATÓLITO PRÉ-CAMBRIANO DE ITAPORANGA, ESTADO DA PARAÍBA, NORDESTE DO BRASIL

GORKI MARIANO, ALCIDES NÓBREGA SIAL

Resumo


O cinturão de dobramentos Cachoeirinha-Salgueiro (CCS), de idade pré-cambriana, localiza-se na porção oeste dos estados de Pernambuco e Paraíba e é cortado por inúmeras intrusões de rochas graníticas porfiríticas, cálcio-alcalinas potássicas, na sua porção norte. Esses batólitos foram posicionados sintectonicamente ao Ciclo Brasiliano (=Pan-Africano) e são freqüentemente associados a dioritos potássicos, sugerindo coexistência e mistura entre magmas félsico e máfico. No batólito de Itaporanga, foram mapeados três domínios petrográficos. A zona híbrida caracterizada por intensa mistura entre magmas granítico e granodiorítico e diorítico potássico na borda do batólito. A zona de "commingling", na porção central do batólito, onde rochas graníticas a granodioríticas e dioríticas potássicas são individualizadas em escala de afloramento; e finalmente, porções compostas por rochas félsicas porfiríticas, mais comuns na zona híbrida. A intensa mistura mecânica observada na zona híbrida desenvolveu estruturas migmatíticas (estromática e menos freqüentemente agmatica), estruturas do tipo lavas almofadadas e encraves máfícas com formas irregulares. Contatos crenulados entre rochas máfícas e félsicas sugerem intensa difusão tônica. Elementos maiores e traços plotados contra sílica satisfazem o modelo de mistura de magmas, onde as rochas de composição híbrida plotam em posição intermediária entre máfícas e félsicas. Similaridade entre análises de microssonda eletrônica dos anfíbòlios dos encraves dioríticos potássicos do batólito de Itaporanga e os anfibólios do stock diorítíco potássico a leste do batólito sugere uma fonte comum para ambos os magmas. Esta hipótese é reforçada por padrões de elementos terras raras similares para os encraves dioríticos potássicos do batólito de Itaporanga e para o stock diorítíco potássico. O batólito possui uma foliação bem desenvolvida e que mergulha para o centro do plutão, sugerindo que o nível atual de afloramento representa a zona de raiz de um complexo diapirico, na qual ocorreu intensa mistura entre magmas félsicos e máficos.

Palavras-chave


Mistura de magmas; Pré-Cambriano; Ciclo Brasiliano.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.