ELEMENTOS TERRAS RARAS EM GRANITÓIDES DA PROVÍNCIA ESTANÍFERA DE GOIÁS

ONILDO J. MARINI, NILSON F. BOTELHO, PHILIPPE ROSSI

Resumo


As fácies primárias dos granites da Província Estanífera de Goiás exibem STR superior a 100 X condrito, em geral atribuído a granitos alçai inos. As fácies muscovitizadas ou greisenizadas possuem ΣTR menor, padrão de TR com decréscimo relativo de TRLe anomalia negativa de Eu no sentido biotitagranite, biotita-muscovita granito, muscovita granito, greisen. Os greisens apresentam padrões de TR tipo gaivota, com (La/Yb)N ≅ l, forte anomalia negativa de Eu e tendência ao fracionamento positivo das TRP.Turmalina granite evidencia ter sofrido evolução petroquímica ímpar, que se refletiu em padrão com ΣTR de apenas 4 x condrito e anomalia negativa de Eu, com teor de Eu semelhante ao dos condritos. As assinaturas em TR do greisen da Serra Branca e do gnaisse sódico de Pela Ema/Serra Dourada, ambos com mineralizações de cassiterita, sugerem gêneses a partir do próprio granito encaixante (endoderivação). O granito e o granodiorite de São Domingos exibem padrões de TR compatíveis com derivação de mesma câmara magmática.


Palavras-chave


ETR; Granitos; Estanho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.