PADRÕES DE ETR EM GRANITOS CRUSTAIS, CÁLCIO-ALCALINOS E RAPAKIVI: INFLUÊNCIA DOS MINERAIS ACESSÓRIOS

EBERHARD WERNICK, CLÁUDIO JOSÉ FERREIRA, PAUL KARL HÒRMANN, JANINE PATRÍCIA TEUPPENHAYN, TAMAR MILCA BERTOLOZZO GALEMBECK

Resumo


São apresentados, comparados e discutidos 123 análises de ETR de rochas totais, matrizes de rochas porfiróides/porfiríticas e minerais acessórios (titanita, zircão e turmalina) de granitos crustais (incluindo turmalina granitos), cálcio-alcalinos e rapakivi do Estado de São Paulo. Por sua tipologia do zircão, os granitos considerados, representam as linhagens 3,4a, 4b e S. Os dados revelam a grande influência dos padrões de ETR da titanita, zircão e turmalina na modelagem dos padrões de ETR globais, respectivamente, dos granitos crustais/cálcio-alcalinos, rapakivi e turmalina granitos. Nas rochas porfirfticas e porfiróides as matrizes têm conteúdos de ETR maiores que as rochas totais; os zircões de diferentes linhagens de granitóides têm teores de ETR proporcionais aos de suas rochas hospedeiras e nos turmalina granitos os teores de ETR são proporcionais aos conteúdos modais neste mineral acessório. Os teores médios de ETR nas rochas estudadas aumentam sucessivamente segundo a seqüência das linhagens 3 - 4a - 4b-5. Os dados indicam igualmente a participação ativa dos minerais acessórios na cristalização fracionada de magmas granitóides e que a interpretação dos padrões de ETR em rochas granitóides é tarefa complexa que requer conjuntamente, dados para rocha total e seus minerais acessórios ou dados químicos que permitem rastear o comportamento dos mesmos durante a evolução magmática.

Palavras-chave


Elementos terras-raras; Séries granitóides; Minerais acessórios; Tipologia de zircão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.