POTENCIAL DE BIODISPONIBILIDADE DE METAIS PESADOS EM SEDIMENTOS DE FUNDO NAS BACIAS DOS RIOS JUNDIAÍ E CAPIVARI (SP): AVALIAÇÃO DOS CRITÉRIOS SEM - AVS

Karine Baldo de Gênova Campos, Jefferson Mortatti, Graziela Meneghel de Moraes, Helder Oliveira

Abstract


O presente trabalho avaliou a biodisponibilidade de elementos potencialmente tóxicos, utilizando o método de sulfetos volatilizáveis ácido após ataque a frio (AVS) e extração simultânea de metais (SEM), nos rios Jundiaí e Capivari (SP), utilizando os critérios propostos por Di Toro (1992), Hansen (1996) e USEPA (2000). Dentre os critérios utilizados, o SEM-AVS, normalizado pela matéria orgânica, mostrou-se o mais adequado para a avaliação de biodisponibilidade evidenciando uma não biodisponibilidade de metais nos sedimentos de fundo em perfil de profundidade coletados nos pontos próximos à nascente e à foz, e nos pontos intermediários das bacias de drenagem estudadas.

 




DOI: http://dx.doi.org/10.21715/GB2358-2812.2015292116

Refbacks

  • There are currently no refbacks.