Composição primária e padrões diagenéticos dos arenitos da Formação Barra de Itiúba no Alto de Atalaia, Sub-bacia de Sergipe

Amanda Goulart Rodrigues, Karin Goldberg

Resumo


As análises petrológicas de 40 lâminas em dois poços localizados no Alto de Atalaia, offshore da Sub-Bacia de Sergipe, permitiu a identificação das composições primárias e dos padrões diagenéticos para aFormação Barra de Itiúba. As  composições detríticas originais das rochas são subarcósios, sublitarenitos e litarenitos. Os principais processos diagenéticos observados foram: compactação dos fragmentos de rocha metamórfica e intraclastos lamosos, formando pseudomatriz; precipitação de crescimentos e projeções de quartzo e feldspatos, cimentação e substituição por caulinita; dolomita e dolomita ferrosa/anquerita; pirita; óxidos/hidróxidos de ferro e minerais de titânio diagenético, além de fases de dissolução eo-, meso- e telodiagenéticas. A macroporosidade dos dois poços estudados é predominantemente intergranular primária, porém há porosidade secundária por dissolução de constituintes primários e diagenéticos como também porosidade por fratura. Treze petrofácies de reservatório foram definidas e sumarizadas em quatro associações de petrofácies de reservatório. Elas refletem a qualidade dos reservatórios estudados em microescala: boa, média e baixa qualidade e não reservatório. A associação boa qualidade é caracterizada por apresentar porosidade total média acima de 15%, enquanto que a média apresenta porosidade total média acima de 7%. A associação de petrofácies de reservatório baixa qualidade tem porosidade média total entre 1 a 4%, e a não reservatório possui porosidade total média inferior a 1%. De modo geral, esses reservatórios consistem de baixa qualidade a não reservatório, intercalados com níveis de média e boa qualidade. A perda de porosidade original se deu principalmente por compactação mecânica (geração de pseudomatriz) e cimentação de caulinita e dolomita. A preservação da porosidade primária foi favorecida pela presença de crescimentos secundários de quartzo.

Palavras-chave


Qualidade de reservatório; Sergipe-Alagoas; Cretáceo; Diagênese; Petrografia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z23174889201400040003

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank