Magmatismo alcalino potássico saturado em SiO2 na porção central do Cráton Amazônico, extremo sul do Domínio Uatumã-Anauá, NE do Amazonas, Brasil

Cristóvão da Silva Valério, Moacir José Buenano Macambira, Valmir da Silva Souza, Elton Luiz Dantas

Resumo


Este trabalho analisa o registro do magmatismo alcalino potássico saturado-SiO2 do Quartzo-Monzonito Castanhal e do Quartzo-Sienito Ladeira da Vovó. Essas rochas estão localizadas pró- ximas à borda norte da Bacia do Amazonas. As amostras mostram valores K2 O + 2 > Na2 O e K2 O/Na2 O < 2, que confirmam o caráter alcalino potássico ou shoshonítico. O Quartzo Monzonito Castanhal contém menos de 20% de quartzo, o qual é também característico de rochas alcalinas potássicas, o que é confirmado nos diagramas geoquímicos. O Quartzo-Sienito Ladeira da Vovó foi alojado e retrabalhado em falhas lístricas, representantes da fase rifte da formação da Bacia do Amazonas, que causou sua proeminente textura granofírica (granófiro) provavelmente durante o período Toniano. Um grupo de 21 cristais de zircão foi extraído do hornblenda-quartzo-monzonito Castanhal e forneceu a idade média de 1872 ± 6 Ma (MSWD = 2,4), contudo um cristal adicional forneceu uma idade Transamazônica de 2062 ± 17  Ma. Essas rochas alcalino-potássicas de idade Orosiriana (1872 Ma) podem corresponder a um ambiente pós-colisional. Os valores negativos em εHft e as idades TDM Hf revelam grande contribuição de componentes crustais máficos Meso- a Neoarqueanos (2,95 – 2,66 Ga) e/ou componentes crustais félsicos Neoarquenos a Siderianos tardios (2,51 – 2,34 Ga).

Palavras-chave


Saturação em sílica; Magmatismo alcalino potássico; Suíte Mapuera; Domínio Uatumã-Anauá; Cráton Amazônico.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2317-4889201720170044

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank