Efeitos termais associados aos diabásios mesozóicos da bacia do Paraná

Vicente A. V Girardi, Adolpho Jose Melfi, Sérgio E. do Amaral

Resumo


Foram estudados no presente trabalho efeitos termais provocados por intrusões de sills e diques de diabásio, relacionados ao magmatismo basáltico da bacia do Paraná, nas regiões de Paulínia, Assistência, Taguaí e Itapeva, SP. As associações mineralógicas observadas permitiram inferências tâo somente quanto às temperaturas mínimas de recristalização, à exceção de Itapeva onde a paragênese observada permitiu estimar o clímax do evento termal em cerca de 740-820ºC, correspondente a 500-1000 bars de PH2O. Análises químicas e mineralógicas dos hornfels formados permitiram ressaltar aspectos relativos às rochas originais, particularmente no caso de Paulínia, onde se comparou o hornfels a vários sedimentos argilosos do Grupo Tubarão. Todos os hornfels estudados têm pequenas auréolas de contato, formadas de rochas de granulação fina, que não exibem diminuição da granulação com o aumento de distância do contato. Essas feições são analisadas e discutidas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.