Fontes de Campos do Jordão

Maria Szikszay, Jean-Marie Teissedre

Resumo


A região do Planalto de Campos do Jordão está situada na parte nordeste do Estado de São Paulo e é composta de rochas do pré-Cambriano, representadas essencialmente, por migmatitos homogêneos e heterogêneos. Esse complexo é cortado por numerosas carnadas de quartzito e dolomito, assim como por corpos de granito. Essas estruturas geológicas favorecem a emergência de fontes de contato ou de dissolução nos dolomitos. As fontes têm vazões bastante fortes mas fornecem águas pouco mineralizadas. Segundo as análises físico-químicas, constata-se a existência de 2 tipos de água: um tipo é proveniente de rochas graníticas e dolomíticas com teores de sais dissolvidos mais elevados; outro tipo emerge de rochas gnaissicas e de alteração refletindo uma circulação superficial. Segundo esses critérios e considerando sua origem pouco profunda as águas são classificadas como bicarbonatadas calcicas, calco-magnesianas ou cloretadas magnesianas. As águas de algumas fontes podem ser incluídas na categoria de águas minerais fracamente radioativas e as restantes como águas de mesa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.