Características de distribuição e teor de elementos principais em rochas basálticas da Bacia do Paraná

Nabor Ricardo Rüegg

Resumo


São registradas 130 novas análises químicas referentes às rochas basálticas da Bacia do Paraná. À luz dos novos dados, obtidos da análise de exemplares coletados ao longo de toda a província, são revistos parâmetros estatísticos referentes às características químicas dos elementos principais, dosados nessas rochas. Tratamentos estatísticos conduzidos em amostragem formada pela maior parte dos dados químicos disponíveis confirmam diferenças já assinaladas entre o quimismo das rochas na província, e o quimismo de suas equivalentes de outras regiões da Gonduanalândia. Põem em evidência ainda, outras diferenças que as distinguem de padrões de referência levantados com base em dados de distribuição mundial. As largas dispersões constatadas nas distribuições dos vários elementos, acrescidos dos altos teores em ferro e álcalis, combinando com os baixos teores de magnésio e cálcio indicam que as rochas basálticas do Brasil Meridional encontram-se generalisadamente diferenciadas. Características das distribuições sugerem ainda que a província não apresenta quimismo homogêneo, representado por distribuições do tipo normal, mas por distribuições multi-populacionais cujo significado cumpre determinar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.