Exine structure in Cecropia L. (Moraceae) pollen grains

Ortrud Monika Barth

Resumo


Devido ao pequeno tamanho dos grãos de pólen de espécies do gênero Cecropia, é elucidada no presente trabalho a estratificação da exina e a ornamentação das superfícies por meio de observações em microscopia eletrônica. As 10 espécies estudadas podem ser separadas em dois grupos segundo a distribuição dos espículos na superfície dos grãos de pólen: distribuição uniforme com espículos acumulados na faixa equatorial, deixando as áreas polares praticamente lisas. A exina é estruturada de fora para dentro por espículos supratectais, de um teto bem desenvolvido atravessado por diminutos canalículos, báculos curtos e delgados, uma nexina 1 descontínua e uma nexina 2 contínua, espessada em volta dos poros. De acordo com estas diferenciações da estrutura da exina, o gênero Cecropia apresenta dentro da família Moraceae um certo grau de evolução que não apoia a sua aproximação à família Urticaceae.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2317-8078.v0i7p205-213

Apontamentos

  • Não há apontamentos.