Análise dos petrotramas de eixos-C de quartzo: Zona de Cisalhamento Major Gercino (SC)

C. R Passarelli, M. A. S Basei

Resumo


Este trabalho visa apresentar as principais conclusões obtidas da utilização de petrotramas de eixos-c de quartzo, aplicadas ao estudo da Zona de Cisalhamento Major Gercino (ZCMG), no trecho Canelinha - Garcia, região centro-leste do Estado de Santa Catarina. Este lineamento faz parte do importante sistema de cisalhamento de direção NE-SW que afeta a região sul-brasileira e uruguaia. Ao longo de toda sua extensão, a ZCMG separa duas áreas geologicamente diferentes que correspondem, em Santa Catarina, aos domínios interno (granitóides) e intermediário (supracrustais) do Cinturão Dom Feliciano (CDF). Esta zona de cisalhamento possui estruturação geral NE, características dúcteis-rúpteis e movimentação predominantemente dextral. A geração das rochas miloníticas deu-se, principalmente, no grau metamórfico xisto-verde. Na região estudada, a ZCMG caracteriza-se por duas faixas miloníticas onde predominam rochas com texturas protomiloníticas e miloníticas. Entre essas faixas ocorre um conjunto de granitóides associado ao desenvolvimento da ZCMG. A faixa milonítica norte limita os metassedimentos do Grupo Brusque a noroeste dos granitóides centrais e a faixa milonítica sul faz o contato entre esses granitóides e as rochas do Complexo-Granito-Migmatítico (Domínio Interno do CDF). A componente coaxial é sugerida nos petrotramas de eixos-c de quartzo por concentrações simétricas em relação à foliação milonítica, bem como pela existência de porfiroclastos simétricos em seções delgadas. A componente da deformação por cisalhamento puro pode ter acarretado, em inflexões locais, movimentações sinistrais. As rochas milomticas da ZCMG apresentam orientação cristalográfica desenvolvida sob temperaturas relativamente baixas, indicada pelo metamorfismo no fácies xisto-verde e pelos petrotramas. Apesar da baixa temperatura, o processo de cisalhamento ocorreu em condições de alta taxa de deformação, evidenciada pela presença de minerais deformados e estirados e pela geração de rochas milomticas e ultramiloníticas, onde comumente ocorre total paralelização das superfícies S e C.

Palavras-chave


zona de cisalhamento;eixo-c de quartzo;rochas miloníticas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-8986.v26i0p99-113

Apontamentos

  • Não há apontamentos.